Construindo um futuro sustentável

Institucional
Histórico

Histórico

A UNIEX – Sociedade Unificada de Educação de Extrema, mantenedora da FAEX – Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas de Extrema, foi fundada no dia 07 de outubro de 1999. A UNIEX nasceu da iniciativa de profissionais da educação e empresários locais que, para concretizar um sonho pessoal e profissional, resolveram fundar uma entidade de caráter educacional para ministrar cursos superiores nos setores mais carentes da sociedade.

O projeto nasceu revestido internamente de caráter beneficente e não lucrativo. O grupo de idealistas se dispôs a desencadear o projeto e obteve forte apoio de todos os segmentos da sociedade e do Poder Público. Com base na Lei Municipal nº 1514 de 23/05/2000 foi firmado um convênio com a Prefeitura Municipal de Extrema para utilização de um prédio municipal para abrigar por um período de no máximo 05 (cinco) anos os cursos superiores a serem ministrados.
No dia 31/05/2002, a FAEX foi credenciada pelo MEC através da Portaria no 1631/02 e os cursos de Administração e Ciências Contábeis foram autorizados através das Portarias no 1632/02 e 1633/02, respectivamente.

No dia 15 de julho de 2002, a FAEX realizou seu primeiro vestibular e no dia 08 do mês seguinte, a Escola Municipal Evandro Brito da Cunha foi palco de sua aula inaugural. Estiveram presentes autoridades locais e estaduais, além das suas três primeiras turmas, sendo duas de Administração e uma de Ciências Contábeis, num total de 120 alunos. A FAEX utilizou essa escola entre o período de 08/08/2002 a 30/05/2004 (01 ano e 09 meses). Em dezembro de 2002 e julho de 2003 foram protocolados no MEC mais dois projetos de aprovação de cursos, Pedagogia e Direito, respectivamente.

Nesse mesmo ano, a Mantenedora adquiriu uma área de 8.600 m², localizada na Estrada Municipal Pedro Rosa da Silva, no bairro da Vila Rica, próximo ao centro da cidade, destinada à construção de sua sede própria para abrigar todas as iniciativas da UNIEX nos campos educacional e cultural. O Prédio I foi inaugurado no dia 24/09/2004 com mais um grande evento. No início do ano seguinte, a FAEX inicia a construção do seu Prédio II.

No primeiro semestre de 2005, o curso de Pedagogia é autorizado pelo MEC através da Portaria n0 358 de 1º de fevereiro de 2005.
No primeiro semestre do ano de 2006, a FAEX consegue o reconhecimento dos cursos de Administração e Ciências Contábeis através da Portaria no. 993 de 08/05/2006 e a autorização do curso de Direito pela Portaria no. 774 de 01/02/2006. Junto a todas essas boas notícias, a FAEX também inaugura, no final de maio de 2006, o Posto de Atendimento do SEBRAE, instalado nas dependências da Faculdade, passando a oferecer serviços de assessoria a pequenas e médias empresas.

Através da Portaria Normativa 40/2007, nos termos de seu artigo 63, tem reconhecido o curso de Pedagogia (bacharelado) e no mesmo ano o curso foi transformado da modalidade Bacharelado para o de Licenciatura em Educação Infantil e Séries Iniciais do Ensino Fundamental, de acordo com as novas diretrizes curriculares do curso.

Em março de 2007 implanta suas duas primeiras turmas de Pós-Graduação, sendo uma para Finanças e Controladoria e outra para Gestão e Docência no Ensino Superior.

Em março de 2008 amplia seus cursos de Pós-Graduação com o de Gestão Estratégica de Empresas.

Em julho de 2008 protocola no e-MEC os projetos de 04 cursos tecnólogos: Logística, Gestão da Produção Industrial, Gestão de Recursos Humanos e Gestão da Qualidade e, em 26 de janeiro de 2009, são autorizados através das Portarias SETEC 014, 015 e 017, respectivamente, sendo que a Gestão de Qualidade ainda aguarda comissão do MEC para autorização.

Em agosto de 2008 a mantenedora UNIEX, percebendo a necessidade de se criar cursos profissionalizantes no município, considerando que o crescimento de Extrema se acentua cada vez mais, tornando-se pujante e veloz, e ainda considerando a falta de perspectiva de uma grande parte de alunos que se formam no ensino médio e por não possuir condições financeiras não conseguem visualizar ainda um ensino superior, cria a sua segunda mantida: CEMPRE – Centro Médio Profissionalizante de Extrema, e consegue o seu credenciamento pelo parecer do CEE1355/2008, aprovado em 25/11/2008, publicado em Minas Gerais em 10/12/2008. Em setembro, protocola na 32ª. Superintendência Regional de Ensino, em Pouso Alegre, os projetos dos seguintes cursos: Meio Ambiente, Secretariado e Marketing.
Em dezembro de 2008 amplia os cursos de Pós-Graduação e abre matrículas para mais 3 cursos: Logística, Gestão de Talentos e Psicopedagogia, além de Finanças e Controladoria, Gestão Estratégica de Empresas e Docência no Ensino Superior que já existiam.
Em janeiro de 2009, a mantida FAEX consegue um de seus maiores feitos: crescer 53% dentro de um cenário de crise econômica e retração de todo o setor do ensino superior. De 4 cursos de graduação e 03 cursos de Pós-Graduação que tinha em dezembro de 2008, passa para 7 cursos de graduação, 06 cursos de Pós-Graduação e 01 curso médio profissionalizante.

Em 2010, a FAEX continuou crescendo e consolidou a abertura de mais 5 cursos de graduação sendo eles: Engenharia de Controle e Automação; Engenharia de Produção; Tecnológico em Gestão da Qualidade; Tecnológico em TI - Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Tecnológico em Mecatrônica. Nesse ano, a FAEX ainda comemorou o crescimento de 50% em relação ao ano anterior.

As conquistas da Faculdade de Extrema continuaram em 2011 com o Reconhecimento do Curso de Direito pela Portaria nº492, de 20 de dezembro de 2011, publicada em 23 de dezembro de 2011. O curso foi reconhecido com nota 04 pelo MEC em uma escala que varia de 1 a 5, um orgulho enorme para professores e alunos da instituição. O curso Superior Tecnológico em Logística também foi muito bem avaliado pela Comissão do MEC - recebendo nota 03.

Em 2012, a FAEX ampliou a oferta de cursos de Pós- graduação Lato Sensu atendendo a demanda do marcado! A faculdade também celebrou a parceria de sucesso com a FCG – Escola Internacional de Negócios – que oferece aos alunos dos MBA’s a oportunidade de internacionalizar a carreira através de vivências empresariais e visitas técnicas feitas através da participação em seminários internacionais de negócios que acontecem, anualmente, na Argentina, China e EUA.

O ano de 2013 também ficará marcado na história da FAEX! O curso de Engenharia Civil foi autorizado com nota 04 pelo MEC e a instituição deu início a construção de um moderno prédio que foi inaugurado em 2014. Nesse prédio estão os laboratórios dos cursos de engenharias e tecnologia.

Em 2014, a FAEX também consolidou os seus passos na pesquisa científica com a criação do NUPAC (Núcleo de Pesquisas Científicas) e com a participação dos professores e alunos pesquisadores em diversos congressos.

Desde que foi criada, há 13 anos, muita coisa mudou! A FAEX ganhou sede própria que já triplicou de tamanho, construiu modernos laboratórios, conquistou um corpo docente qualificado, formado em sua maioria por mestres e doutores, colocou mais de 1.200 profissionais no mercado e conquistou mais de 1.600 novos alunos, razão de existir da instituição.
Desenvolvimento: SouzaOliveira Publicidade & Prosper Tecnologia